Páginas

domingo, 28 de agosto de 2011

Na liderança!

No jogo valendo a liderança da chave D na Série C do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, no Estádio Bento Freitas, em Pelotas. FutebolSC>com

O atacante Neilson, foi o autor do único gol da partida, anotado aos 45 minutos do primeiro tempo. Com o resultado a Chapecoense foi a 10 pontos, sendo líder isolada do grupo. Já o Brasil de Pelotas, permanece com 7 pontos, agora na quarta colocação.

Na próxima rodada, a Chapecoense enfrentará o Joinville no Estádio Índio Condá, em Chapecó. Já o Brasil de Pelotas, folgará na rodada.

O Jogo



O jogo inicio equilibrado, com o Brasil de Pelotas tentando pressionar a Chapecoense, principalmente no jogo aéreo e a Chapecoense tentando explorar o contra-ataque, através do lateral-esquerdo Aelson. Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, Aelson fez uma boa jogada pela esquerda, cruzou para Jean Carlos que chutou fraco, para a defesa de Vanderlei. O Brasil tentava fazer valer o fator campo, mas sem êxito. Aos 20 minutos, a Chapecoense teve a baixa do zagueiro Dema, que saiu machucado para a entrada de Marcos Alexandre. O primeiro lance de real perigo do Brasil de Pelotas, ocorreu aos 32 minutos quando o atacante Marcos Denner recebeu livre na área e chutou para fora, perdendo a melhor chance de abrir o placar da partida até aquele momento. Aos 35 minutos, aproveitando o momento positivo o Brasil de Pelotas foi pra cima, em boa jogada o meia Athos cruzou para o atacante Marcos Denner, efetuar o cabeceamento no centro do gol, fácil para a defesa do goleiro Rodolpho. O Brasil de Pelotas continuou tentando. Porém, aos 45 minutos do primeiro tempo, foi surpreendido por um contra-ataque da Chapecoense, em boa troca de passes do meia Nenem e o atacante Neilson, Nenem tocou na frente para Neilson abrir o placar da partida na saída do goleiro Vanderlei.

Segundo Tempo



O segundo tempo iniciou novamente com pressão do Brasil de Pelotas e a Chapecoense jogando no contra-ataque. Logo aos 4 minutos, Medina arrancou pela direita, saiu livre na frente de Vanderlei, chutou e o goleiro defendeu. No rebote Jean Carlos, perdeu um gol incrível, chutando para fora. O Brasil de Pelotas continuou pressionando a Chapecoense, porém esbarrando no bom sistema defensivo organizado pelo treinador Mauro Ovelha. Aos 10 minutos, Galego fez boa jogada, tocou para Athos que chutou e Marcos Alexandre cabeceou a bola que iria em direção a meta do goleiro Rodolpho. O Brasil de Pelotas continuou pressionando. Aos 26 minutos, em cruzamento na área, Marcos Denner cabeceou desajeitado e a bola ficou novamente fácil, para o goleiro Rodolpho. Apartir dos 30 minutos, o Brasil de Pelotas começou a atacar de forma mais efetiva. Até que aos 33 minutos, em troca de passes entre Athos e Marcos Denner, Marcos Denner tocou para Athos que livre dentro da área obrigou o goleiro Rodolpho a fazer uma defesa espetacular. A Chapecoense tentando usufruir do contra-ataque, teve um bom lance de perigo com Diego Felipe. Aos 35 minutos, após boa jogada de Aelson chutou para uma boa defesa do goleiro Vanderlei. O Brasil de Pelotas continuou pressionando, porém o resultado não se alterou e a Chapecoense conseguiu a vitória em território gaúcho.


Ficha técnica: Brasil de Pelotas 0 x 1 Chapecoense


Local: Bento Freitas, em Pelotas (RS).
Data: 28/08/2011 (domingo).
Horário: 16h (de Brasília).
Arbitragem: Rodrigo Nunes de Sá (RJ), auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael da Silva Alves (RS).
Cartões amarelos: Amaral Rosa, Neilson e Aelson (Chapecoense)
Cartões vermelhos:
Gols: Neilson (Chapecoense) 45/1T;

Brasil de Pelotas
Vanderlei; Cláudio, Jonas (Junior Carvalho), Asprilla e Galego; Carlos Alberto, Guilherme(Kim), Leo Medeiros e Athos; Luis Carlos(Juba) e Marcos Denner.
Técnico: Sergio Ramirez


Chapecoense
Rodolpho; Medina(Rodrigo Thiesen), Dema(Marcos Alexandre), Cleber Goiano e Aelson; Amaral Rosa, Diego Felipe, Nenem (Rafael Bittencourt) e Everton Cezar; Jean Carlos e Neilson.
Técnico: Mauro Ovelha

Fonte: Futebol SC

Classificação e jogos do Grupo D.
Confrontos de Chapecoense e Brasil de Pelotas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário