Páginas

domingo, 4 de setembro de 2011

Salto Alto??

O Joinville venceu a Chapecoense por 2 a 0 na tarde deste domingo. A partida realizada na Arena Condá, foi válida pela oitava rodada da Série C. Com o resultado, o JEC assumiu a liderança com 12 pontos e precisa de apenas uma vitória sobre o Brasil na próxima rodada para se classificar. A Chapecoense caiu para a vice-liderança com 10 pontos. FutebolSC.com

O primeiro tempo foi equilibrado e as duas equipes não conseguiram balançar as redes. Os gols saíram apenas no segundo tempo. Aos 18 minutos, Bruno Rangel abriu o placar para o Joinville. A equipe tricolor pressionou e dominou a segunda etapa, e nos acréscimos de jogo veio o segundo gol. Aos 46 minutos, após cruzamento de Gilton, o atacante Aldair fechou o placar.

Na próxima rodada, o Joinville faz seu último jogo na primeira fase da Série C. A partida contra o Brasil de Pelotas, na Arena Joinville, acontece às 16h do próximo domingo. A Chapecoense joga no mesmo dia e horário contra o Santo André, no Bruno José Daniel.

Veja os gols




O jogo


O jogo começou equilibrado com as duas equipes se preocupando mais com a marcação do que com o ataque. Joinville e Chapecoense jogavam sobre o meio de campo e não arriscavam muitos chutes a gol. A primeira chance aconteceu aos oito minutos. Neílson cabeceou para o gol e Ivan fez a defesa.

Aos 23, a Chapecoense assustou o goleiro tricolor em um chute para o gol. A bola ia encobrindo o arqueiro, que conseguiu se recuperar e dar um tapinha cedendo o escanteio. Aos 29, o JEC respondeu com Bruno Rangel, que chutou forte, mas a bola foi para fora. O jogo continuava equilibrado com as duas equipes desperdiçando oportunidades. Aos 33, a bola sobrou livre dentro da área para Neílson, que chutou para fora.

Os dois times ainda tiveram chances no final do primeiro tempo. Aos 38, Tiago Real cabeceou livre dentro da área, mas a bola passou ao lado da trave do Verdão. Um minuto depois, Bruno Rangel ficou frente a frente com o goleiro Rodolpho e chutou para fora, desperdiçando mais uma chance. A Chapecoense quase marcou aos 46 minutos. Neném driblou a zaga, entrou na área e chutou no canto. O goleiro Ivan se esticou e fez a defesa.

Segundo tempo


A segunda etapa começou com o Joinville pressionando, mas foi a Chapecoense quem teve a primeira chance em um contra-ataque. Aos seis minutos, Neílson ficou livre com o goleiro e chutou para o gol, mas o arqueiro Ivan fez mais uma grade defesa. Aos nove, foi a vez do JEC quase marcar. O goleiro Rodolpho estava fora do gol e o atacante Ronaldo Capixaba tentou por cobertura. A zaga conseguiu chegar a tempo e evitar que o Tricolor abrisse o placar.

O Joinville dominava o jogo até que, aos 18 minutos conseguiu abrir o placar na Arena Condá. Após um bate rebate dentro da área, o meia Ricardinho chutou para o gol e Rodolpho defendeu. No rebote, Bruno Rangel mandou para o fundo das redes. Aos 33, o JEC chegou mais uma vez com perigo. Ramon cobrou a falta e a bola sobrou para Aldair. O atacante chutou para o gol, mas a bola passou ao lado da trave do goleiro. No lance seguinte, mais uma chance para Aldair, que voltou a chutar para fora em jogada perigosa do Tricolor.

Ainda no final da partida, o JEC conseguiu mais um gol. Aos 46, Gilton cruzou para a área e Aldair bateu de primeira para o gol. A bola foi parar no fundo das redes para ampliar o placar tricolor. A Chapecoense ainda tentou correr atrás do empate, mas sem sucesso. Coube ao JEC apenas aguardar o apito final para comemorar a vitória fora de casa.

Ficha técnica: Chapecoense 0 x 2 Joinville


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: 04/09/2011 (domingo).
Horário: 16h (de Brasília).
Arbitragem: Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC), auxiliado por Rosnei Hoffmann Scherer (SC) e Neuza Inês Back (SC).
Cartões amarelos: Jaílton, Bruno Rangel (Joinville). Fabinho, Amaral Rosa, Everton César (Chapecoense)
Gols: Bruno Rangel, aos 18/2º tempo e Aldair, aos 46/2º tempo (Joinville).

Chapecoense
Rodolpho; Medina, Kléber Goiano (Rafael Bittencourt), Grolli e Fabinho; Amaral Rosa, Diogo Roque, Nenem (Leandro) e Everton César; Jean Carlos (Lucca) e Neílson.
Técnico: Mauro Ovelha.

Joinville
Ivan; Renato Santos, Pedro Paulo e Fabiano Silva; Tiago Real (Mateus), Glaydon, Ricardinho, Jaílton (Ramon) e Gilton; Bruno Rangel (Aldair) e Ronaldo Capixaba.
Técnico: Arturzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário