Páginas

domingo, 24 de julho de 2011

Bela Vitória!

utebolSC.com
A Chapecoense venceu o Santo André por 3 a 0, neste domingo, na sua primeira partida em casa na Série C e chegou aos quatro pontos no Grupo D após duas rodadas. O zagueiro Dema marcou o primeiro gol da vitória do Verdão aos 15 minutos do segundo tempo. Rafael Bittencourt e Jean Carlos completaram a vitória.
O Santo André segue sem pontuar e é o lanterna do grupo. Na próxima rodada, domingo que vem, a Chapecoense encara o Joinville, no Norte do Estado, enquanto o Santo André recebe o Caxias.

O jogo


A Chapecoense entrou melhor no jogo, mas tinha dificuldade para passar pela defesa forte do Santo André. Apesar da superioridade em campo, foram poucas chances de gol criadas pelo Verdão no primeiro tempo.

Aos 22 minutos, Neilson recebeu na cara do gol, mas pegou muito mal na bola, que saiu pela linha de fundo. Foi a melhor oportunidade da Chapecoense até então. O Santo André assustou aos 41 minutos. Andrezinho driblou dois, invadiu a área e chutou para boa defesa do goleiro Rodolpho.

No segundo tempo, a Chapecoense aproveitou o zagueiro-artilheiro Dema para abrir o placar. Aos 15 minutos, após cobrança de falta, ele desviou para o fundo da rede e fez a festa da torcida verde: 1 a 0.

Aos 31, Rafael Bittencourt fez o segundo da Chapecoense. O terceiro veio logo em seguida, aos 39, com Jean Carlos, para delírio da torcida verde na Arena Condá.

Ficha técnica: Chapecoense 3 x 0 Santo André


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: 24/07/2011 (domingo).
Horário: 15h (de Brasília).
Arbitragem: Leandro Junior Hermes (PR), auxiliado por Arestides Pereira da Silva Junior (PR) e Eberval Lodetti (SC).
Cartões amarelos: Sandoval (Santo André)
Gols: Dema, aos 15’/2º tempo, Rafael Bittencourt, aos 31’/2º tempo, Jean Carlos, aos 39’/2º tempo (Chapecoense).

Chapecoense
Rodolpho; Dema, Rodrigo De Lazzari e Amaral Rosa; Medina, Diego Felipe, Everton César, Neném (Rodrigo Thiesen) e Aelson; Lucca (Jean Carlos) e Neilson.
Técnico: Mauro Ovelha.

Santo André
André Luiz; Iran, Daniel Gigante, Tironi e Andrezinho; Sandoval (Jeferson), Pedro, Mica e Djalma (Cesinha); Vanderlei e Cristiano Brasília.
Técnico: Sandro Gaúcho

Nenhum comentário:

Postar um comentário