Páginas

domingo, 14 de agosto de 2011

De virada, Chapecoense vence Brasil de Pelotas

Neilson marcou os três gols do Verdão
No jogo valendo a liderança da chave D na Série C do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense venceu o Brasil de Pelotas por 3 a 1, na Arena Condá, em Chapecó.

A partida foi intensa e com várias faltas, mas de boas jogadas e tentativas de marcar dos dois lados do gramado.

O Brasil de Pelotas abriu o placar, mas o domingo de dia dos pais foi feliz para os torcedores da equipe Chapecoense. Os presentes vieram em gols: três, do atacante Neilson, destaque na partida.

Com o resultado, a equipe de Mauro Ovelha passa os Xavantes na tabela e fica atrás do Joinville, que, nessa mesma tarde, empatou com o Caxias e ocupou o primeiro lugar da chave D.

Na próxima rodada, a Chapecoense folga e o Brasil enfrenta o Caxias, na Serra Gaúcha, domingo que vem. O Verdão só volta a campo dia 28, para enfrentar o Brasil, em Pelotas.


O jogo


O jogo iniciou com mais bolas na área do Verdão de Chapecó, mas uma falha da zaga deixou a chance para que o Brasil de Pelotas chegasse com perigo no gol de Rodolpho. O placar saiu do zero a zero logo no início do primeiro tempo.

Aos oito minutos, Marcos Denner recebeu um passe alongado e tocou por baixo do goleiro, que não conseguiu chegar. 1 a 0 Xavante.

Apesar do gol sofrido, a Chapecoense seguiu buscando a posse de bola e impedindo o passe da equipe adversária.
Lesionado, o ala esquerda da Chapecoense Aelson saiu do campo aos 19 minutos, substituído por Medina. Uma mudança acontece no meio campo e atrapalha o desempenho do Verdão.

Com vantagem no placar, o Brasil de Pelotas manteve a posse de bola, mas as chances de gol não apareceram para nenhuma das equipes. Aos 32 minutos Neilson, recebeu e tocou na saída do goleiro Vanderlei, de perna esquerda, para o fundo do gol. Chapecoense empata, 1 a 1.

O gol de empate deu gás à equipe de Chapecó, que saiu para o ataque e deu trabalho para o goleiro Wanderlei em busca da virada no final do primeiro tempo.

O segundo tempo começou equilibrado. O contra-ataque do Verdão chegando com precisão e perto da área Xavante. O placar mudou aos 10 minutos, quando Jean Carlos cruzou, Medina fez o passe e Neilson marcou novamente. Chapecoense virou, 2 a 1.

A equipe Xavante tentou e quase chegou no empate. Aos 20 minutos, Luiz Carlos arriscou dentro da pequena área, o goleiro Rodolpho faz uma defesa milagrosa, mandando a bola de raspão, por cima do travessão.

Aos 27 minutos Neilson recebeu o passe de Jean Carlos e não desperdiçou, marcou seu terceiro gol na partida e ampliou a vantagem para a Chapecoense, 3 x 1.

A partida seguiu com boa vontade das duas equipes, Chapecoense mantendo o resultado e Brasil de Pelotas correndo atrás do prejuízo. A etapa complementar terminou, garantindo a vitória Chapecoense e a consagração do atacante Neilson na partida.

Ficha técnica: Chapecoense 3 x 1 Brasil de Pelotas


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: 14/08/2011 (domingo).
Horário: 16h (de Brasília).
Arbitragem: Wagner dos Santos Rosa, auxiliado por José Amilton Pontarolo e Juliano Fernandes da Silva.
Cartões amarelos: Dema, Everton Cezar, Diogo Roque, Rodolpho (Chapecoense); Asprilla, Guilherme, Carlos Alberto, Rafael Xavier (Brasil de Pelotas)
Cartões vermelhos: Diogo Roque, Groli (Chapecoense); Asprilla (Brasil de Pelotas)
Gols: Marcos Denner (Brasil de Pelotas) 8/1T; Neilson (Chapecoense) 31/1T, 10/2T, 27/2T.

Chapecoense
Rodolpho; Dema, Grolli e Amaral Rosa; Rafael Bittencourt (Diego Felipe), Diogo Roque, Nenem (Rodrigo Thiesen), Everton Cezar e Aelson (Medina); Jean Carlos e Neilson.
Técnico: Mauro Ovelha

Brasil de Pelotas
Vanderlei; Jackson, Jonas, Asprilla e Nil (João Emir); Carlos Alberto, Guilherme (Rafael Xavier), Athos e Leo Medeiros (Juninho); Luiz Carlos e Marcos Denner.
Técnico: Beto Almeida

Fonte: Futebol SC

Confrontos de Chapecoense x Brasil de Pelotas.
Classificação e Jogos do Grupo D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário