Páginas

domingo, 18 de maio de 2014

Em campo neutro, Chapecoense empata com o Atlético-PR

Chapecoense sofreu diversas baixas para o jogo deste domingo contra o Atlético-PR em razão de surto de virose que atingiu seu elenco. Ao longo da semana, dez atletas do clube de Santa Catarina apresentaram diarreia e vômitos. Com diversos reservas em campo, aChapecoense conseguiu arrancar empate aos 43 min do 2º tempo, empatando o jogo em 1 a 1, em Maringá.
Durante a semana, foram encaminhados ao hospital o goleiro Silvio, os zagueiros Neuton e André Paulino e o meio-campista Diones. Destes, apenas André Paulino esteve em campo neste domingo.
Outro fato inusitado marcou o duelo em Maringá. A partida demorou mais de dez minutos a começar devido à ausência de uma ambulância dentro do estádio. A torcida dos dois times vibrou como um gol quando apareceu o veículo.
O Atlético-PR mandou o jogo para o estádio Willie Davids por conta da punição recebida em função da briga entre torcedores no jogo da última rodada do Brasileirão, contra o Vasco , no ano passado.
A realização da partida em Maringá pelo menos serviu para o time paranaense escapar de fortes críticas de sua torcida. No meio da semana, os torcedores do Furacão pediram a demissão do técnico Miguel Ángel Portugal durante o amistoso vencido pelo Corinthians na Arena da Baixada.  
As derrotas contra o Internacional e Cruzeiro , além do empate diante do Vitória , alimentaram o descontentamento da torcida atleticana.
O primeiro tempo em Maringá, neste domingo, foi sonolento. O péssimo gramado do estádio contribuiu para a baixa qualidade da partida. Não havia troca de passes com objetividade.
A melhor oportunidade da etapa inicial foi aos 26 min com Fabiano, da Chapecoense , que recebeu passe de Fabinho Alves, arriscando de primeira na entrada da área. Weverton fez linda defesa.
O Atlético-PR quase marca aos 5min da etapa final. Ederson cabeceou com perigo, mas Danilo impediu o gol.
A equipe de Curitiba tinha maior volume ofensivo, mas apresentava dificuldade para arrematar a gol. Danilo, da Chapecoense , saltou para interceptar chute forte de Ederson.
Melhor em campo, o Atlético abriu o marcador aos 25 min do segundo tempo. Cleberson subiu mais do que todos e cabeceou com força para o gol.
Atrás no marcador, a Chapecoense foi para frente nos minutos finais. Roni quase empata após cruzamento rasteiro, mas a bola foi interceptada pela defesa atleticana. O gol da Chapecoense veio aos 43 min. Tiago Luís aproveitou chute rasteiro e se esticou, mandando a bola para o gol.

Ficha Técnica
Atlético-PR 1x1 Chapecoense
Data: 18/05/2014
Local: Estádio Willie Davids
Cidade: Maringá-PR
Competição: Série A
Rodada: 05/38
Público: 1.255
Renda: R$ 24.680,00

Gols: ATLÉTICO-PR: Cleberson. CHAPECOENSE: Thiago Luis.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Lucas Olaza (Felipe); Deivid, Paulinho Dias, Natanael e Marcos Guilherme (Douglas Coutinho); Marcelo e Ederson (Bady).
Técnico: Miguel Ángel Portugal Vicario
Cartões Amarelos: Marcos Guilherme, Marcelo

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Jaílton, André Paulino (Tiago Saletti) e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição (Dedé), Abuda e Fabinho; Tiago Luís e Alemão (Roni). Técnico: Gilmar Dal Pozzo
Cartões Amarelos: Bruno Silva e Fabiano

Fonte: Esp Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário