Páginas

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Vergonha! Vergonha! Chapecoense perde a terceira seguida em casa!

Em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil, a Chapecoense recebia o Ceará buscando recuperar no certame a má fase que vivia no Campeonato Brasileiro. Mas ficou apenas no desejo: em dia que completava 100 anos, o Vozão venceu a Chape e encaminhou a classificação para a terceira fase.
A partida de volta ocorrerá apenas após a Copa, no dia 23/07, no Castelão. Até lá, o Ceará terá seus compromissos na B, onde luta pelo topo, e a Chape jogará pelo Campeonato Brasileiro, e tenta espantar a agonia do rebaixamento.


Chape abre o placar, cede e vê o Ceará melhorar e empatar


No embalo da torcida, a Chapecoense começou pressionando os visitantes. Embora o primeiro lance da partida tenha sido do Vozão, quem balançou as redes, ainda antes dos dez minutos, foram os mandantes: Tiago Luís acertou um petardo do meio da rua, encobrindo o goleiro Luiz Carlos e marcando um golaço.

O atacante, por sinal, foi o principal artifício da Chape para armar as jogadas. O Ceará chegava com mais afinco no ataque, mas falhava na falta de objetividade de seus atacantes ao finalizar. Aos 22, Nikão acertou bom chute rasteiro e Lauro salvou no cantinho.

Mas, de tanto tentar, uma hora o gol sairia. E foi aos 36, quando Bill aproveitou cruzamento da direita e completou para as redes na saída do goleiro da Chapecoense, igualando o placar em 1 a 1. Após o gol, poucas chances na Arena Condá, e o intervalo chegou com o placar apontando igualidade.


Ceará domina e consegue a vitória fora de casa


As equipes voltaram iguais para o segundo tempo, mas somente os visitantes conseguiam assustar. Apresentando um futebol fraco e contando com uma partida pouco inspirada do lateral Neuton, a Chape pouco criava. Régis chegou a sair vaiado pela torcida aos 11 minutos.

E novamente, de tão constante que eram os ataques, o gol teria de sair. Ele veio aos 19 minutos, novamente com Bill, que aproveitou falha de Neuton e virou a partida, marcando o centésimo gol da equipe cearense em Copas do Brasil. O jogo então foi ficando cadenciado e pegado.

Sem reagir, a Chape era presa fácil para o Vozão, que apenas controlava a partida e mantinha o placar em vantagem. A Chapecoense ainda teve um gol anulado aos 41, com Roni, que cometeu falta no zagueiro antes de completar para as redes um passe de Alemão. Depois disso, só restava o apito final do árbitro: Chape sai derrotada e terá de buscar a recuperação na partida de volta, apenas em julho.


Ficha técnica: Chapecoense 1x2 Ceará


Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).
Data: 14/05/2014
Horário: 19h30
Público: 8.493 torcedores
Renda: R$ 85.960
Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho (SP), auxiliado por Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP).
Cartões Amarelos: Neuton, Diones e Tiago Luís (Chapecoense); Luiz Carlos, Nikão e Bill (Ceará)
Gols: Tiago Luís, aos 9/1T (Chapecoense), Bill, aos 36/1T e aos 19/2T (Ceará)

Chapecoense
Lauro, Fabiano, Rafael Lima, Jaílton e Neuton; Bruno Silva, Diones, Nenén (Wescley) e Régis (Roni); Tiago Luís e Alemão.
Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Ceará
Luís Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Diego Ivo e Vicente; João Marcos, Marcus Vinícius (Michel) e Ricardinho; Nikão (Alex Lima), Magno Alves (Eduardo) e Bill.
Técnico: Sérgio Soares


Fonte: Futebol SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário